quinta-feira, novembro 29, 2007

Momento Musical


Estes chinocas conseguem sempre me surpreender de dia pra dia..^^
FREESTAILO!!!

Pensamento do Dia

OBRIGADO LIVERPOOL!!!

E esta, hein?

quarta-feira, novembro 28, 2007

Eu, portuense

Eu, portuense, olho-me ao espelho com a ajuda de Garrett, Sophia, Saramago, Agustina, Eça e Herculano, entre outros.

A sobremesa é uma pequena antologia de frases sobre a minha cidade, da autoria de dez dos nossos melhores escritores.
A leitura destas frases ajuda-nos a nós, portuenses, a conhecermo-nos melhor. Eu leio-as, releio-as e sinto-me como se estivesse a olhar-me ao espelho.
Espero que esta leitura ajude os forasteiros a melhor decifrar esta cidade secreta que Eugénio de Andrade, um seu filho adoptivo, não hesitou em considerar "a mais fechada das nossas cidades".


O b pelo v
"Se na nossa cidade há muito quem troque o b por v, há pouco quem troque a liberdade pela servidão."
Almeida Garrett


Maravilhas e angústias
"O Porto é o lugar onde para mim começam as maravilhas e todas as angústias."
Sophia de Mello Breyner


Como se vinga
"O portuense não gosta de Lisboa. Não gosta da polícia. Não gosta da autoridade. Da autoridade vinga-se, desprezando-a. Da Polícia vinga-se, resistindo-lhe. De Lisboa vinga-se, recebendo os lisboetas com a mais amável hospitalidade e com a mais obsequiada bizarria."
Ramalho Ortigão


Rir desbragadamente
"E quanto ao riso, o Porto gosta de rir e de rir com uma certa insolência: ri mais desbragadamente, mais primariamente, mais saudavelmente e com mais gosto do que Lisboa."
Vasco Graça Moura


Regaço aberto para o rio
"Afinal, o Porto, para verdadeiramente honrar o nome que tem, é, primeiro que tudo, este largo regaço aberto para o rio, mas que só do rio se vê, ou então, por estreitas bocas fechadas por muretes, pode o viajante debruçar-se para o ar livre e ter a ilusão de que todo o Porto é a Ribeira."
José Saramago


Uma alma de muralha
"Toda a cidade, com as agulhas dos templos, as torres cinzentas, os pátios e os muros em que se cavam escadas, varandas com os seus restos de tapetes de quarto dependurados e o estripado dos seus interiores ao sol fresco, tem toda ela uma forma, uma alma de muralha."
Agustina Bessa Luís

Invejas
"Lisboa inveja ao Porto a sua riqueza, o seu comércio, as suas belas ruas novas, o conforto das suas casas, a solidez das suas fortunas, a seriedade do seu bem estar. O Porto inveja a Lisboa a Corte, o Rei, as Câmaras, S. Carlos e o Martinho. Detestam-se!"
Eça de Queiroz


Lição de portuguesismo
"Uma ida ao Porto é sempre um lição de portuguesismo, tanto mais rica quanto mais raramente lá se vai. É indispensável - claro! - um mínimo de contacto reiterado com esse lar da nação para nele vermos algumas das significações latentes que enriquecem a nossa consciência de práticas."
Vitorino Nemésio


Uma família
"O Porto não é em rigor uma cidade: é uma família. Quando algum mal o acomete, todos o sentem com a mesma intensidade; quando desejam alguma coisa, todos a desejam ao mesmo tempo. Os portuenses são tão ciosos da integridade da sua cidade, como os portugueses em geral da integridade da nação."
João Chagas


Aspecto severo e altivo
"O Porto ergue-se em anfiteatro sobre o esteiro do Douro e reclina-se no seu leito de granito. Guardador de três províncias e tendo nas mãos as chaves dos haveres delas, o seu aspecto é severo e altivo, como o de mordomo de casa abastada."
Alexandre Herculano


Jorge Fiel, jornalista

Oh Sr. Doutor...

A Medicina é - diz quem a pratica - a mais bela das profissões. Quem a exerce sabe que cada vez mais deve estar atento à qualidade da comunicação que mantém com o paciente como parte primordial de todo o projecto terapêutico: saber escutar o doente, entender as suas formas de expressão e saber transmitir em termos simples e directos aquilo que pensa e aquilo que pretende que o doente assimile e ponha em prática, sem recorrer ao linguajar hermético e técnico que caracteriza
alguns sectores da classe médica, é para o clínico muito mais de meio caminho andado para o sucesso...

"O doente que tem que contar em minutos os males de um "maldito corpo que não corresponde aos desejos da alma" está sujeito a lapsus linguae, frutos da atrapalhação, da timidez, do incómodo de ali estar perante o médico. Compreendamo-lo pois com bom humor!"

Carlos Barreira da Costa , médico Otorrinolaringologista da mui nobre e Invicta cidade do Porto, decidiu compilar no seu livro "A Medicina na Voz do Povo", com o inestimável contributo de muitos colegas de profissão, trinta anos de histórias, crenças e dizeres ouvidos durante o exercício desta peculiar forma de apostolado que é a prática da medicina. E dele não resisti a extrair verdadeiras jóias deste tão pouco conhecido léxico que decidi compartilhar convosco.

O diálogo com um paciente com patologia da boca, olhos, ouvidos, nariz e garganta é sempre um desafio para o clínico:

"A minha expectoração é limpa, assim branquinha, parece com sua licença espermatozóides".

"Quando me assoo dou um traque pelo ouvido, e enquanto não puxar pelo corpo, suar, ou o caralho, o nariz não se destapa".

"Não sei se isto que tenho no ouvido é cera ou caruncho".

"Isto deu-me de ter metido a cabeça no frigorífico. Um mês depois fui ao Hospital e disseram-me que tinha bolhas de ar no ouvido".

"Ouço mal, vejo mal, tenho a mente descaída".

"Fui ao Ftalmologista, meteu-me uns parafusinhos nos olhos a ver se as lágrimas saiam".

"Tenho a língua cheia de Áfricas".

"Gostava que as papilas gustativas se manifestassem a meu favor".

"O dente arrecolhia pus e na altura em que arrecolhia às imidulas infeccionava-as".

"A garganta traqueia-me, dá-me aqueles estalinhos e depois fica melhor".



As perturbações da fala impacientam o doente:

"Na voz sinto aquilo tudo embuzinado".

"Não tenho dores, a voz é que está muito fosforenta".

"Tenho humidade gordurosa nas cordas vocais".

"O meu pai morreu de tísica na laringe".


Os "problemas da cabeça" são muito frequentes:

"Há dias fiz um exame ao capacete no Hospital de S. João".

"Andei num Neurologista que disse que parti o penedo, o rochedo ou lá o que é...".

"Fui a um desses médicos que não consultam a gente, só falam pra nós".

"Vem-me muitos palpites ruins, assim de baixo para cima...".

"A minha cabecinha começa assim a ferver e fico com ela húmida, assim aos tombos, a trabalhar".

"Ou caiu da burra ou foi um ataque cardeal".


Os aparelhos genitais e urinários são objecto de queixas sui generis:

"Venho aqui mostrar a parreca".

"A minha pardalona está a mudar de cor".

"Às vezes prega-se-me umas comichões nas barbatanas".

"Tenho esta comichão na perseguida porque o meu marido tem uma infecção na ponta da natureza".

"Fazem aqui o Papa Micau (Papanicolau)?"

"Quantos filhos teve?" – pergunta o médico. " Para a retrete foram quatro, senhor doutor, e à pia baptismal levei três".

"Apareceu-me uma ferida, não sei se de infecção se de uma foda mal dada".

"Tenho de ser operado ao stick. Já fui operado aos estículos".

"Quando estou de pau feito... a puta verga".

"O Médico mandou-me lavar a montadeira logo de manhã".


As dores da coluna e do aparelho muscular e esquelético são difíceis de suportar:

"Metade das minhas doenças é desfalsificação dos ossos e intendência para a tensão alta".

"O pouco cálcio que tenho acumula-se na fractura".

"Já tenho os ossos desclassificados".

"Alem das itroses tenho classificação ossal".

"O meu reumatismo é climático".

"É uma dor insepulcrável".

"Tenho artroses remodeladas e de densidade forte".

"Estou desconfiado que tenho uma hérnia de escala".


O português bebe e fuma muito e desculpa-se com frequência:

"Tomo um vinho que não me assobe à cabeça".

"Eu abuso um pouco da água do Luso".

"Não era ébrio nato mas abusava um pouco do álcool"

"Fujo dos antibióticos por causa do estômago. Prefiro remédios caseiros, a aguardente queimada faz-me muito bem".

"Eu sou um fumador invertebrado".


O aparelho digestivo origina sempre muitas queixas:

"Fui operado ao panquecas".

"Tive três úlceras: uma macho, uma fêmea e uma de gastrina".

"Ando com o fígado elevado. Já o tive a 40, mas agora está mais baixo".

"Eu era muito encharcado a essa coisa da azia".

"Senhor Doutor a minha mulher tem umas almorródias que com a sua licença nem dá um peido".

"Tenho pedra na basílica".

"O meu marido está internado porque sangra pela via da frente e pinga pela via de trás".

"Fizeram-me um exame que era uma televisão a trabalhar e eu a comer papa".

"Fiz uma mamografia ao intestino".

"O meu filho foi operado ao pence (apêndice) mas não lhe puseram os trenos (drenos ), encheu o pipo e teve que pôr o soma ( sonda )".



Os medicamentos e os seus efeitos prestam-se às maiores confusões:

"Ando a tomar o Esperma Canulado"- Espasmo Canulase

"Tenho cataratas na vista e ando a tomar o Simião" - Sermion

"Andei a tomar umas injecções de Esferovite" - Parenterovit

"Era um antibiótico perlim pim pim mas não me fez nada" - Piprilim

"Agora estou melhor, tomo o Bate Certo" - Betaserc

"Tomo o Sigerom e o Chico Bem" - Stugeron e Gincoben

"Ando a tomar o Castro Leão" - Castilium

"Tomei Sexovir" - Isovir

"Tomo uma cábulas à noite".

"Tomei uns comprimidos "jaunes", assim amarelados".

"Tomo uns comprimidos a modos de umas aboborinhas".

"Receitou-me uns comprimidos que me põem um pouco tonha".

"Estava a ficar com os abéticos no sangue".

"Diz lá no papel que o medicamento podia dar muitas complicações e alienações".

"Quando acordo mais descaída tomo comprimidos de alta potência e fico logo melhor".

"Ó Sra. Enfermeira, ele tem o cu como um véu. O líquido entra e nem actua".

"Na minha opinião sinto-me com melhores sintomas".


O que os doentes pensam do médico:

"Também desculpe, aquela médica não tinha modinhos nenhuns".

"Especialista, médico, mas entendido!".

"Não sou muito afluente de vir aos médicos".

"Quando eu estou mal, os senhores são Deus, mas se me vejo de saúde acho-vos uns estapores".

"Gosto do Senhor Doutor! Diz logo o que tem a dizer, não anda a engasular ninguém".

"Não há melhor doente que eu! Faço tudo o que me mandam, com aquela coisa de não morrer".



Em relação ao doente o humor deve sempre prevalecer sobre a sisudez e o distanciamento. Senão atentem neste "clássico":

"Ó Senhor Doutor, e eu posso tomar estes comprimidos com a menstruação?

Ao que o médico retorque: "Claro que pode. Mas se os tomar com água é capaz de não ser pior ideia. Pelo menos sabe melhor."

E o novo poiso eh em...









Carmarthen, Carmarthenshire, Wales
Estas fotos foram tiradas da net, mal possa tiro umas e ponho aki. Isto do shire faz-me lembrar o senhor dos aneis... LoL

Pensamento de manha cinzenta



Se um dia voltares a sentir isto, com todas as tuas forcas, garra e alma, ai falamos...

Ate la, se feliz.

terça-feira, novembro 27, 2007

Impacto Frustrante em Espanha


"Há quase dois anos, com a entrada em vigor a lei antitabaco em Espanha, a 1 de Janeiro de 2006, o Ministério da Saúde lançava a mensagem de que deixar de fumar e respeitar os espaços sem fumo beneficiaria fumadores activos e passivos. A legislação contou com o apoio da maioria dos consumidores, 75% dos quais valorizaram a proibição de fumar nos locais de trabalho e 71% aplaudiram as restrições em estabelecimentos de hotelaria.

Dois anos depois, as contas são estas, a maioria dos 7500 restaurantes e 33 000 bares de Madrid permitem fumar, segundo a Federação Espanhola de Hotelaria. Todos os espaços com mais de 100 metros quadrados preparam zonas para fumadores, enquanto 99% dos mais pequenos escolheram deixar os clientes fumar. Segundo José Luís Salazar, da Associação de Bares de Madrid, "para os bares de menos de 100 metros quadrados, nada mudou". Quanto às discotecas, os empresários consideraram inviável dividir os seus espaços.

Segundo a Sociedade Espanhola de Pneumologia e Cirurgia Torácica, o impacto da lei na redução da exposição ao fumo não passa dos 16% nos locais de entretenimento, uma redução que valoriza como "testemunhal". Maior surpresa é o impacto nas empresas, onde é absolutamente proibido fumar, mas onde a redução da exposição ao fumo foi apenas de 58%, quando deveria ser próxima dos 100%. Pior ainda foram os centros educativos, onde a redução se limitou aos 50%."

Provavelmente irão ver daki a 2 anos noticia identica... sobre Portugal lol


Lisboa tem uma Cidade-Irmã

DICIONÁRIO PORTUGUÊS-PORTUGUÊS


Pressupor - colocar preço em alguma coisa.
Biscoito - fazer sexo duas vezes.
Missão - culto religioso com mais de três horas de duração.
Padrão - padre muito alto.
Estouro - boi que sofreu operação de mudança de sexo.
Democracia - sistema de governo do inferno.
Barracão - proibição à entrada de caninos.
Homossexual - sabão em pó para lavar as partes íntimas.
Ministério - aparelho de som de dimensões muito reduzidas.
Edifício - antônimo de "é fácil".
Desviado - uma dezena de homossexuais.
Detergente - ato de prender seres humanos.
Armarinho - vento proveniente do mar.
Eficiência - estudo das propriedades da letra F.
Entreguei - estar cercado de homossexuais.
Conversão - papo prolongado.
Barganhar - receber um botequim de herança.
Fluxograma - direção em que cresce o capim.
Halogênio - forma de cumprimentar pessoas muito inteligentes.
Unção - erro de concordância verbal: o certo seria "um é".
Expedidor - mendigo que mudou de classe social.
Luz solar - sapato que emite luz por baixo.
Cleptomaníaco - mania por Eric Clapton.
Tripulante - especialista em salto triplo.
Viaduto - local por onde circulam homossexuais.
Contribuir - ir para algum lugar com vários índios.
Aspirado - carta de baralho completamente maluca.
Testículo - texto pequeno.
Coitado - pessoa vítima de coito.
Cerveja - é o sonho de toda revista.
Regime Militar - rotina de dieta e exercícios feitos pelo exército.
Bimestre - mestre em duas artes marciais.
Caçador - indivíduo que procura sentir dor.
Suburbano - habitante dos túneis do metrô.
Volátil - avisar ao tio que você vai lá.
Assaltante - um "A" que salta.
Determine - prender a namorada de Mickey Mouse.
Pornográfico - o mesmo que colocar no desenho.
Coordenada - que não tem cor.
Presidiário - aquele que é preso diariamente.
Ratificar - tornar-se um rato.
Violentamente - viu com lentidão.
Diabetes - as dançarinas do diabo

Produto da Semana

Image Hosted by ImageShack.us
TAG this image
Durex Play Vibratoins é um anel estimulante para ele e para ela, concebido para proporcionar até 20 minutos de palpitante prazer a dois. Fácil de ligar e desligar. Parte do prazer assentará na experimentação da posição com que se consegue maior estimulação.

E ainda:

Image Hosted by ImageShack.us

Gel lubrificante Durex Play Warming cria uma sensação de calor que aumenta imediatamente a sensibilidade.
Assopre e sinta o aquecimento suave na sua pele tornando a sensação mais intensa.
Transparente e inodoro, e por ser de base aquosa não deixa manchas.
Sabor agradável e não gorduroso, em embalagem doseadora.


Dpz não digam keu não sou amiga, e que não ponho informação útil aqui no blog^^
Este post é dedicado a uma pessoa que me falou neste produto, daí decide investigar mais sobre o mesmo =D

Pensamento de inicio de madrugada

"Se a mulher fosse coisa boa, Deus tinha uma... E se fosse de confiança, o Diabo num tinha cornos!

LOOOOL

segunda-feira, novembro 26, 2007

Banda Sonora Ao Volante


Digam o k disserem, esta é daquelas que concerteza me ia dar muito gozo de a ouvir em alto e bom som enquanto guiava =D

Fabolous Lyrics
Breathe Lyrics

Vrummmmmmmmmmmmmmmm

Carrefour Varrido


Depois vêm com cenas acerca do que foi feito ás maezinhas e paizinhos destes individuos só para desculparem este tipo de cenas...enfim..
Qt a mim, era uma bomba em todos os buracos onde vivem e tava o problema semi resolvido^^

Pensamento do Dia

Image Hosted by ImageShack.us


"Se as pontes são como as relações, permitindo a ligação entre as pessoas e transpondo as diferenças que existem entre elas, então o estado das pontes reflecte a confiança existente nessas relações.

O estado da ponte tem uma grande influência na forma como nos sentimos seguros, ou não, ao atravessá-la, ou seja, reflecte a serenidade com que podemos viver a relação.
Enquanto o estado da ponte nos inspirar confiança podemos atravessá-la desfrutando da paisagem, sem receios, sem medos e com o prazer de percorrer e explorar a relação que a ponte significa.
Mas se a ponte começa a ceder, se as brechas surgem e as inseguranças se tornam evidentes então a nossa confiança perde-se e passamos a ter outro tipo de atitude. Passamos a ser mais cuidadosos quando estamos na ponte e redobramos a nossa atenção face ao seu estado, de forma a evitar acidentes. Afinal, não queremos cair da ponte, não queremos dar um passo em falso.

Se a ponte tiver boa manutenção, então os sinais não nos assustam, tal como as relações que são cuidadas constantemente e que conseguem, assim, manter a confiança.
Mas quando uma ponte fica danificada, temos de a reparar e renovar, tentando devolver a estabilidade.


Temos de cuidar bem das pontes que nos são importantes!"

Autor desconhecido

=D

Video Da Semana


Se a tourada cá fosse assim, até eu ia ver^^

E como Sabado é dia de invasao...

sexta-feira, novembro 23, 2007

Somos tão simpáticos

NÓS POR LÁ!!!
"O novo estádio da cidade de Al-Kahder, nos arredores de Belém, na Cisjordânia, cuja construção foi financiada por Portugal, através do Instituto Português de Cooperação para o Desenvolvimento, vai ser inaugurado na próxima segunda-feira. O recinto custou dois milhões de dólares, tem capacidade para seis mil espectadores, é certificado pela FIFA e dispõe de piso sintético e iluminação. A cerimónia de inauguração abrirá com uma marcha de escuteiros locais, conduzindo as bandeiras de Portugal e da Palestina, e a execução dos respectivos hinos nacionais. "


NÓS POR CÁ!!!
Já fechámos urgências, maternidades, centros de saúde e escolas primárias, mas oferecemos um estádio à Palestina. Devíamos fechar o Hospital de Santa Maria e oferecer um pavilhão multiuso ao Afeganistão. A seguir fechávamos a cidade Universitária e oferecíamos um complexo olímpico (também com estádio) à Somália e por último fechávamos a Assembleia da República e oferecíamos os nossos políticos como camelos ao Egipto.

quarta-feira, novembro 21, 2007

Video Da Semana


Já o tinha visto, mas desta x não resisti em pôr pk é mesmo demais^^
Dpz vejam também os do Walter que na minham opinião são do melhor também.

SILENCEEEEEE...i kill u! ahahahah

terça-feira, novembro 20, 2007

Banda Sonora


Ouvi esta música num video acerca do massacre que aconteceu este mês numa escola na Finlândia, e pronto gostei.

Aqui fica a letra:

Timbaland Lyrics
Apologize Lyrics

Vicios de rico em paises de pobre




Preço dos bilhetes para o Rock in Rio mantém-se

O preço dos bilhetes para o Rock In Rio vai ser o mesmo que nas edições anteriores: 53 euros. A notícia é adianta pelo Correio da Manhã que revela ainda que os ingressos podem ser adquiridos a partir de amanhã nas lojas FNAC em formato de kit de Natal (que inclui um voucher para depois trocar pelo bilhete do dia que se escolher e um relógio de pulso de edição limitada).

Que bom....um relogio..

Pérolas da Invicta


"De borta de mim!de borta de uma fogueira!glaças a deus! certinhoo!tá bom?!"

/me rebola^^

segunda-feira, novembro 19, 2007

Proposta da semana

Pensamento

"É melhor ficares calado e deixar que as pessoas pensem que és burro, do que falares e acabares com as dúvidas."

E é mesmo por isso que me pergunto porque há gente que fala tanto ou escreve tanto, que acabam mm por tirar todas as dúvidas possiveis..^^

^-^

Image Hosted by ImageShack.us

Yupi!

Image Hosted by ImageShack.us

NEXT! =)

sexta-feira, novembro 16, 2007

quinta-feira, novembro 15, 2007

Gerações

"A juventude de hoje, na faixa que vai até aos 20 anos, está perdida. E está perdida porque não conhece os grandes valores que orientaram os que hoje rondam os trinta. O grande choque, entre outros nessa conversa, foi quando lhe falei no Tom Sawyer.

"Quem? ", perguntou ele.

Quem?! Ele não sabe quem é o Tom Sawyer! Meu Deus... Como é que ele consegue viver com ele mesmo? A própria música: "Tu que andas sempre descalço, Tom Sawyer, junto ao rio a passear, Tom Sawyer, mil amigos deixarás, aqui e além..." era para ele como o hino senegalês cantado em mandarim.

Claro que depois dessa surpresa, ocorreu-me que provavelmente ele não conhece outros ícones da juventude de outrora.

O D'Artacão, esse herói canídeo, que estava apaixonado por uma caniche;

Sebastien et le Soleil, combatendo os terríveis Olmecs;

Galáctica, que acalentava os sonhos dos jovens, com as suas naves triangulares;

O Automan, com o seu Lamborghini que dava curvas a noventa graus;

O mítico Homem da Atlântida, com o Patrick Duffy e as suas membranas no meio dos dedos;

A Super Mulher, heroína que nos prendia à televisão só para a ver mudar de roupa (era às voltas, lembram-se?);

O Barco do Amor, que apesar de agora reposto na Sic Radical, não é a mesma coisa. Naquela altura era actual...

E para acabar a lista, a mais clássica de todas as séries, e que marcou mais gente numa só geração : O Verão Azul. Ora bem, quem não conhece o Verão Azul merece morrer. Quem não chorou com a morte do velho Shanquete, não merece o ar que respira. Quem, meu Deus, não sabe assobiar a música do genérico, não anda cá a fazer nada.

Depois há toda uma série de situações pelas quais estes jovens não passaram, o que os torna fracos: Ele nunca subiu a uma árvore! E pior, nunca caiu de uma. É um mole. Ele não viveu a sua infância a sonhar que um dia ia ser duplo de cinema. Ele não se transformava num super-herói quando brincava com os amigos. Ele não fazia guerras de cartuchos, com os canudos que roubávamos nas obras e que depois personalizávamos. Aliás, para ele é inconcebível que se vá a uma obra. Ele nunca roubou chocolates no Pingo-Doce. O Bate-pé para ele é marcar o ritmo de uma canção.

Confesso, senti-me velho...

Esta juventude de hoje está a crescer à frente de um computador. Tudo bem, por mim estão na boa, mas é que se houver uma situação de perigo real, em que tenham de fugir de algum sítio ou de alguma catástrofe, eles vão ficar à toa, à procura do comando da Playstation e a gritar pela Lara Croft.

Óbvio, nunca caíram quando eram mais novos. Nunca fizeram feridas, nunca andaram a fazer corridas de bicicleta uns contra os outros. Hoje, se um miúdo cai, está pelo menos dois dias no hospital, a levar pontos e fazer exames a possíveis infecções, e depois está dois meses em casa fazer tratamento a uma doença que lhe descobriram por ter caído. Doenças com nomes tipo "Moleculum infanticus", que não existiam antigamente. No meu tempo, se um gajo dava um malho muitas vezes chamado de "terno" nem via se havia sangue, e se houvesse, não era nada que um bocado de terra espalhada por cima não estancasse.

Eu hoje já nem vejo as mães virem à rua buscar os putos pelas orelhas, porque eles estavam a jogar à bola com os ténis novos.

Um gajo na altura aprendia a viver com o perigo. Havia uma hipótese real de se entrar na droga, de se engravidar uma miúda com 14 anos, de apanharmos tétano num prego enferrujado, de se ser raptado quando se apanhava boleia para ir para a praia. E sabíamos viver com isso.

Não estamos cá? Não somos até a geração que possivelmente atinge objectivos maiores com menos idade? E ainda nos chamavam geração "rasca"...

Nós éramos mais a geração "à rasca", isso sim. Sempre à rasca de dinheiro, sempre à rasca para passar de ano, sempre à rasca para entrar na universidade, sempre à rasca para tirar a carta, para o pai emprestar o carro. Agora não falta nada aos putos.

Eu, para ter um mísero Spectrum 48K, tive que pedir à família toda para se juntar e para servir de presente de anos e Natal, tudo junto. Hoje, ele é Playstation, PC, telemóvel, portátil, Gameboy, tudo.

Claro, pede-se a um chavalo de 14 anos para dar uma volta de bicicleta e ele pergunta onde é que se mete a moeda, ou quantos bytes de RAM tem aquela versão da bicicleta.

Com tanta protecção que se quis dar à juventude de hoje, só se conseguiu que 8 em cada dez putos sejam cromos. Antes, só havia um cromo por turma. Era o totó de óculos, que levava porrada de todos, que não podia jogar à bola e que não tinha namoradas. É certo que depois veio a ser líder de algum partido, ou gerente de alguma empresa de computadores, mas não curtiu nada."

- Nuno Markl -

Não é que eu goste mt do Nuninho, mas devo dizer que ás xs tira me as palavras da boca, ainda que eu não faça de todo parte dessa geração dos 30 (LOL), tou perto mas ainda falta muitoooooo ao mesmo tempo hihih

Momento Nostálgico



Lembrei-me pk tive a satisfação de reviver esta música recentemente^^


Our House Lyrics

quarta-feira, novembro 14, 2007

Fica a Dica

Image Hosted by ImageShack.us

E até pode ser k venha outro passatempo pó papo^^

Sinais dos tempos

Na sequência do brutal assassínio de uma mulher em Roma por um imigrante ilegal romeno, a Itália começou a deportar clandestinos vindos da Roménia que se aglomeram em bairros da lata improvisados em várias cidades. As expulsões não estão confinadas a Roma, havendo também notícia da destruição de aglomerados semelhantes e da expulsão de ilegais romenos em Florença, Génova, Turim, Bolonha e Milão. O governo italiano aprovou legislação de emergência que permite a deportação expedita de imigrantes com cadastro. O primeiro-ministro italiano, o socialista Romano Prodi, sublinhou a necessidade e a pertinência de tais medidas. Entretanto, a opinião pública italiana ficou siderada quando o chefe da polícia romena, Georghe Popa, declarou a um jornal: “Desde que a Roménia entrou na União Europeia, os roubos, a violência e os roubos por esticão diminuíram 26 por cento”. Ou seja, a absurda abertura da UE a Leste parece ter tido como principal consequência a “exportação” do crime para Ocidente. Grande parte dos media europeus têm feito o seu melhor para ignorar ou minimizar as deportações dos ilegais romenos em Itália, talvez pelo facto de Prodi ser um homem de esquerda. Se Silvio Berlusconi ainda estivesse no poder e estas medidas tivessem sido tomadas sob a sua tutela, os uivos de protesto e as acusações de “racismo” e de “xenofobia” ter-se-iam ouvido nos Urais, e a cobertura mediática teria sido bem diferente. Mas o verdadeiro teste será quando, além dos romenos, dos ciganos e outros indesejáveis de Leste, começarem também a ser apanhados por esta nova legislação os imigrantes ilegais africanos envolvidos no crime organizado, envolvendo a falsificação de documentos, o tráfico de droga ou os roubos e a violência de gangs. E em Portugal, será que só se vai começar a reagir como em Itália quando for tarde demais? Ou mesmo nunca?

terça-feira, novembro 13, 2007

AVISO


Ajuda Mesmo!!!!


Algumas vezes, quando você está furioso com alguém,

ajuda bastante você se sentar e pensar sobre o problema.

Frase dos dias

Tudo aquilo que algum idiota te diz que é urgente, é algo que um imbecil não fez em tempo útil e querem que tu, o otário, se desenrasque para fazer em tempo recorde !!

segunda-feira, novembro 12, 2007

Remember old days


Simplesmente orgásmica esta música^^

Data de 1997, e sem dúvida presença assidua no antigo Cais447..ai ai..

sexta-feira, novembro 09, 2007

Banda Sonora Para o Fim De Semana


Gosto!

E aqui fica a letra^^



Rolling Stones Lyrics
She's A Rainbow Lyrics

Acho que já a postei há uns tempitos, mas aqui fica outra x

Fica a Dica

Image Hosted by ImageShack.us

E esta dica é mandada pó ar , porque para não variar é mais um passatempo no papo =D

E é preciso mesmo uma ginástica..

Image Hosted by ImageShack.us

..para esta treta hihi mas vamos lá ver se a Dolores é meiguinha aqui ca gente^^

terça-feira, novembro 06, 2007

Televisões assassinas

Image Hosted by ImageShack.us

E foi assim a madrugada de ontem, uma destas mandou-se para cima de mim e kuase se estilhaçou no chão..^^

esta até é digna :p

O Primeiro Ministro, José Sócrates, está andando tranquilamente quando é atropelado por um condutor das corridas da Ponte Vasco da Gama e Morre ali na hora. A alma dele chega ao Paraíso e dá de caras com São Pedro na entrada.

-"Bem-vindo ao Paraíso!"; diz São Pedro "Antes que você entre, há um problemazito...Raramente vemos Políticos por aqui, sabe… então não sabemos bem o que fazer com você

"Não vejo problema nenhum, basta deixar-me entrar", diz o antigo Primeiro Ministro José Sócrates

"Eu bem que gostaria de o deixar entrar senhor Engenheiro, mas tenho ordens superiores… Sabe como é… Vamos fazer o seguinte: O Senhor passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Depois pode escolher onde quer passar a eternidade

"Não é necessário,resolvi. Quero ficar no Paraíso diz o Primeiro Ministro
"Desculpe, mas temos as nossas regras".

Assim, São Pedro acompanha-o até o elevador e ele desce, desce,desce até o Inferno. A porta abre-se e ele vê-se no meio de um lindo campo de golfe. Ao fundo o clube onde estão todos os seus amigos e outros políticos com os quais havia trabalhado. Todos muito felizes em traje social. Ele é cumprimentado, abraçado e eles começam a falar sobre os bons tempos em que ficaram ricos às custas do povo. Jogam uma partida descontraída e depois comem lagosta e caviar. Quem também está presente é o diabo, um tipo muito amigável que passa o tempo todo dançando e contando piadas. Eles divertem-se tanto que, antes que ele perceba, já é hora de ir embora.Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o
elevador sobe.

Ele sobe, sobe, sobe e a porta abre-se outra vez.

São Pedro está a espera dele. Agora é a vez de visitar o Paraíso. Ele passa 24 horas no paraíso, junto a um grupo de almas contentes que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando.

Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia chega ao fim e São Pedro retorna.
-" E então??? Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Agora escolha a sua casa eterna."

Ele pensa um minuto e responde:
-"Olha, eu nunca pensei ... vir a tomar esta decisão… O Paraíso é muito bom, mas eu acho que vou ficar muito melhor no Inferno.

"Então São Pedro abanando com a cabeça, leva-o de volta ao elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno.

A porta abre-se e ele vê-se no meio de um enorme terreno baldio cheiode lixo e com um cheiro horrível. Ele vê todos os seus amigos com as roupas rasgadas e muito sujas catando o entulho e colocando-o em sacos pretos, repara que por vezes os amigos se pegam á porrada na disputa de pedaços de comida podre. O diabo vai ao seu encontro e passa o braço pelo ombro do Primeiro Ministro.

"Não estou a entender?!", - gagueja - "Ontem mesmo eu estive aqui e havia um lindo campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora só vejo esse fim de mundo cheio de lixo mal cheiroso e os meus amigos totalmente arrasados!!!"

O diabo olha pra ele… sorri ironicamente e diz:

"Ontem estávamos em campanha. Agora, que conseguimos o seu voto... eis a realidade"

anedotas!

Crianças, amanhã quero que me tragam exemplos de construções que estejam
sendo feitas próximo de vossas casas e quais as vantagens delas para nós.
- Sim professora.
No final da aula, a professora pede a todas as meninas que fiquem
na sala, porque quer dizer algo.
- Olhem, meninas, como o Joaozinho é muito malcriado é provável
que amanha ele diga alguma das suas grosserias. Por isso, vou pedir que,
para evitarmos problemas, quando ele disser algo que nos pareça grosseiro,
todas voces se levantem imediatamente e saiam da aula.
Todas concordaram com o plano.
No dia seguinte, pergunta a professora:
- Fizeram a redacçao que eu pedi? Primeiro voce, Anita.
- Perto da minha casa estão a construir um supermercado. Assim, a minha
mãe nao necessita andar tanto para ir as compras
- Muito bem Anita!!! Sim, Raulzito, fale voce
- Perto da minha casa estao a construir uma fábrica de móveis.
Assim, como o meu pai é marceneiro, vai poder trabalhar mais perto de casa.
- Excelente, obrigado Raulzito.
Nisto o Joaozinho levanta a mao. Diz a professora:
- Ai meu Deus!!! Fala, Joãozinho. O que estao a construir perto da tua casa?
- Perto da minha casa estao a construir um bordel. Imediatamente, todas as
colegas do Joãozinho, se levantam para sair da sala e ele diz:

- Calma, suas putas... Ainda nao abriu !!!

************************************************************
Caros vizinhos,

Lamento referir-me a um assunto tão íntimo vosso, mas é por este acabar por
não ser realmente privado, que vos alerto.

Todos gostamos de dar uma boa queca, é natural. Todavia é importante ter
consciência se o condomínio "assiste" a acto tão privado. E assiste. Não
visualmente, óbvio, mas a barulheira que é feita no árduo desempenho do
acto, certamente "acorda" os mortos do cemitério à nossa beira.

Confesso que os gemidos femininos até nem incomodam, ouvem-se baixinho e
transmitem uma sensualidade que é naturalmente agradável, mas quanto ao
resto, o caso muda de figura.

Os barulhos do mobiliário a arrastar, as pancadas ritmadas na parede
espalham-se pela estrutura do edifício. Não é preciso ser engenheiro ou
licenciado em engenharia para perceber que os ruídos e as vibrações
estruturais são os mais difíceis de isolar e os mais incomodativos.

Portanto, ou compram uma cama nova, ou fodem no chão!

Não me fodam é a mim.

************************************************************

O José mostra orgulhosamente o seu novo apartamento a um amigo após um
jantar bem regado. Quando chegam à sala, o amigo repara numa tampa
de panela enorme encostada a uma parede e pergunta:

- O que é aquilo?

José responde:

- É o meu RELÓGIO!

- E como funciona? - Pergunta o amigo.

José pega num martelo e arregaça duas valentes pancadas no gongo! De
repente ouve-se do outro lado da parede:

- Pró car****... filho duma g'anda P***!... SÃO 2 DA MANHÃ ! ! !

**********************************************************

Um tipo vai a andar pela rua quando, de repente, um assaltante
mascarado aponta-lhe uma arma e diz:
- Passa para cá o relógio!
O coitado dá-lhe o seu Rolex falso e o ladrão reclama:
- O que é isto? Esta merda não vale nada! Passa a carteira...
O homem dá-lhe a carteira de plástico, imitação de Pierre Cardin e o
assaltante encontra nela um passe de autocarro, 2 senhas de refeição e
cinco euros. Já meio lixado, o ladrão diz:
- Tu és uma merda mesmo... o teu casaco está gasto, os teus sapatos rotos e
a única coisa que parece que presta é uma reles imitação barata! Afinal, que
merda fazes na vida?
O tipo responde, quase a chorar:
- Sou professor!
E o ladrão, tirando a máscara, abraça-se a ele e diz:
- Desculpa lá, colega! És mesmo? E ficaste colocado? Em que escola?...

****************************************************


segunda-feira, novembro 05, 2007

Orgia Canina



3 Machos de raça canina a tentar fazer sabe-se muito bem o quê e apanhados em flagrante neste momento único...Hilariante!!!

Nota - Por motivos legais e de respeito para com as respectivas famílias será preservada a confidencialidade sobre a identidade das libertinas criaturas.

Galeria Pessoal Aqui.

Pensamento da semana


E aqui fica a letra =)


Gary Jules Lyrics

^^

Ora bem meus amigos, cancelem voos, encomendas, cartas ou postais.
Vou-me fazer de novo ah estrada, e ainda esta semana, por isso... Nao sei quando virei aqui de novo, mas deixo-vos aki um beijinho e um ate breve.

quinta-feira, novembro 01, 2007

Dualidade de criterios (Hipocrisia)

Estava eu a ver o Jornal da Noite quando surge a noticia de um acto apelidado de barbaro etc etc etc pela pivot..adjectivos que eu tambem concordo..esta noticia era a da matança de animais neste caso golfinhos...violencia essa que esta retratada no video abaixo...




Mas depois temos actos como este(video abaixo)apesar de nao haver mta comparaçao em termos de chacina, mas apelidados de espectaculo,diversao,etc etc,em plenaPeninsula Iberica.e nao eskecer k se keria disto em Portugal...afinal..só o que se faz la fora é k está mal??